Twitter
RSS

Arquitetos visitam estádios da copa 2010

0

Do que tratou essa missão organizada pelo Portal Copa 2014? 

O Time dos Arquitetos da Copa (que integram o Fórum dos Arquitetos da Copa, junto com o Sinaenco) vem se reunindo com o objetivo de compartilhar experiências, dificuldades e soluções, elevando o nível geral dos projetos e nivelando conceitos, por exemplo, o de sustentabilidade.

A viagem à África do Sul permitiu que os arquitetos conhecessem in loco as diretrizes e o padrão Fifa para os estádios com a antecedência de quatro anos, permitindo uma visão mais ampla e completa, em especial no que tange a especificações técnicas, padrões de acabamento, contexto urbano e definições gerais de projeto.
Em resumo,"materializa" as concepções e os desafios de projeto que já se fazem presentes.


Quem fazia parte do Time dos Arquitetos? 


O Time dos Arquitetos é composto por representantes dos escritórios envolvidos nos projetos dos estádios das 12 cidades-sede.
Nesta viagem em particular, tivemos a participação de: 

Saiba como deveria ser a tabela de Honorários de Arquitetura...

0







Diante do descaso e "cara de pau" de alguns clientes com os serviços prestado por nós arquitetos, através de contrapropostas que beiram o ridículo, esta deveria ser a Tabela de Honorários cobrada pela nossa classe...


GERAIS
- Dar um "palpite": R$ 500,00
-Só "trocar umas idéias": R$600,00
- Comprei um sitio, só preciso de umas "orientações" no jardim: R$ 2.600,00
- Eu vou lá só pra pescar, tá quase pronta a pousada, mas quero discutir só um "detalhezinho": R$1.000,00, a estrada é um pouco ruim e é um pouco longe: R$2.000,00, Em 03 dias a gente vai e volta: R$ 6.000,00.
- O piso que você especificou era muito caro, comprei outro mas o pedreiro tá reclamando, dá uma passadinha na obra pra ver qual é o "problema" R$500,00.
- A obra tá pronta, é só pra dar umas "dicas" no jardim (R$1.800,00) e nas cores da fachada - R$3.000,00
- Eu quero e tem que ser você... (lá vem o golpe): O dobro
- Preciso só de um "quebra galho": O triplo (para desistir logo...)




Desculpem nossa ausência, é que roubaram o notebook desse que vos escreve...

1
O Modelo é um HP Tablet PC 2540br, roubado na madrugada do dia 15 para 16 de abril de 2010 em Tutóia/MA (nem aqui temos segurança...). Quem tiver informações sobre o paradeiro pago boa recompensa...
É como dizem, bandido bom é bandido mort...

PS: Segue a vida...

TÚNEL DO TEMPO: Teresina/PI

0
Foto da Avenida Maranhão, na década de 50, às margens do rio Parnaíba, ao fundo o edifício redonda da sede da CEPISA... RARIDADE!!!!

TÚNEL DO TEMPO: Porto Alegre/RS

0
Sem comentários esse posto de combustíveis com formato de avião que se localizava na Av. Siqueira campos, em Porto Alegre/RS.

O que fazer para evitar deslizamentos?

0

Fugir de áreas de risco e reforçar as fundações são dicas fundamentais para não ser pego de surpresa.

Com o aumento do volume das chuvas e a crescente ocupação dos morros para moradia, sobem também os riscos de deslizamentos de terra, que varrem tudo o que há pela frente: pessoas, árvores e casas. Para evitar esse tipo de tragédia é preciso estar atento antes mesmo de começar a obra, com a análise cuidadosa do terreno.

“É fundamental verificar o grau de declividade, a proximidade do terreno de áreas com histórico de risco e a devida distância de beira de rios e córregos”, diz o geólogo Agostinho Ogura, do Laboratório de Riscos Ambientais do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

O desafio das concentrações urbanas

0

O processo de urbanização, que continua acelerado em todo o mundo, foi objeto de um importante estudo das Nações Unidas - O Estado das Cidades do Mundo: Unindo o Urbano Dividido, apresentado durante o Quinto Fórum Urbano Mundial, realizado no Rio de Janeiro de 22 a 26 de março - que chama a atenção para os graves problemas dele decorrentes, em especial nos países em desenvolvimento.


Shoppings de menor porte são novo alvos de empresas

0

Empresas do setor de shopping centers apostam em centros de compras (malls) de porte médio e pequeno. É o caso da a Real Estate Partners (REP), que firmou joint venture com a Kimco Realty Corporation, empresa líder em shopping centers de comunidade (como também são chamados os médios e pequenos malls) nos Estados Unidos, e está investindo R$ 400 milhões em projetos em curso. A meta é lançar pelo menos dois malls por ano e chegar a 11 shoppings até o fim deste ano, ao passo que em 2009 possuía sete centros de compras, e em 2008, tinha apenas dois. Com essa estratégia, as empresas buscam fugir da concorrência com companhias tradicionais como Multiplan, BRMalls e Iguatemi Shopping Centers, que têm principalmente grandes shoppings e lucram cada vez mais de um nicho ainda pouco explorado no País.

A REP prospecta novos negócios, principalmente nos Estados de São Paulo e do Rio de Janeiro, em cidades entre 100 e 500 mil habitantes, sempre com foco nas classes B e C, além de já possuir terrenos nas cidades de Bauru e de Mogi das Cruzes, no interior paulista, e em Niterói (RJ), onde deve lançar novos projetos de médio porte em breve. "O mercado é bastante interessante e procuramos pontos estratégicos voltados a esse público", diz Marcos Romiti, CEO da REP, que tem anos de experiência no mercado, tendo passado pelo grupo Jereissati - família proprietária da Iguatemi. "Já há grandes companhias na área de shoppings maiores, somos uma das únicas que se especializaram nesse segmento, por isso, temos vantagem", completa.


TÚNEL DO TEMPO: Brasilia/DF

1
Estreia hoje nova sessão no nosso blog: Tunel do tempo, que vai mostrar, comentar sobre obras, cidades, bairros, estruturas, o antes e o depois da arquitetura no Brasil e no mundo. No post de hoje, para comemorar os 50 de nossa capital federal, veremos uma foto de Brasilia/DF na sua fase de implantação. Sensacional!!!!

DICA DO DIA: Como os arquitetos podem aproveitar melhor os espaços da casa

2

Como cliente, preocupe-se inicialmente com o programa de sua casa e nunca com a metragem. O momento para discutir o tamanho virá mais tarde. Às vezes as pessoas se preocupam tanto com a metragem, que acabam por construir casas muito grandes ou muito pequenas para as suas necessidades.
O que os arquitetos chamam de programa é o conjunto das necessidades do cliente (em termos de ambientes e equipamentos). Por exemplo: duas salas, sala de jantar, cozinha, três suítes, churrasqueira, piscina, jacuzzi, quarto de empregada, e assim por diante. Estes dados podem parecer banais, mas são essenciais para que o profissional entenda suas necessidades e consiga projetar algo que realmente venha ao encontro delas. O programa tende a ficar mais complexo com o andamento do trabalho, como por exemplo, a decisão sobre o tipo de aquecedor, ou mesmo o lugar onde ficarão todas as tomadas para os equipamentos que você possui ou venha a possuir. Isso é válido não apenas para uma casa, mas também para uma reforma, uma loja ou mesmo uma indústria. O bom profissional sempre perde muito tempo analisando e discutindo o programa com o cliente, pois ele sabe que o bom entendimento dessas necessidades é a pedra fundamental para alcançar um bom resultado no projeto.

TÚNEL DO TEMPO: Largo da Praça da Sé/SP - ano:1904

0

DICA DO DIA: Papel de Parede volta a ganhar espaço na decoração

0

Assim como a moda, a decoração também funciona em ciclos. Materiais, cores e formatos que estavam abandonados há anos podem a qualquer momento ressurgir do fundo de algum baú e se tornar a coqueluche de uma estação. Quem poderia imaginar a volta da ombreira ou do balonê? No embalo dessa mesma regra do "eterno retorno", eis que ressurge, com força total, resgatado dos anos 60 e 70, o papel de parede.
Depois de um período de domínio da pátina e texturizações, agora é a vez do papel ocupar o lugar de prestígio que já teve na decoração de ambientes internos. Pelo menos é nisso que apostam arquitetos, decoradores e empresas do setor.
Nos últimos anos, a Bobinex, fabricante nacional em atividade desde meados da década de 60, tem engordado seu catálogo que hoje conta com mais de 300 opções de produtos. Em 2009, a empresa modernizou esse

Conforto térmico melhora a qualidade de vida nas edificações

0
Chuvas em volumes nunca antes registrados, trazendo em seu rastro enchentes e deslizamentos. Temperaturas nas alturas, acumulando recordes – um dos verões mais quentes das últimas décadas. Dias que, por certo, serão lembrados mais pelos excessos de calor (hemisfério sul) e frio (hemisfério norte) e pelas tempestades – principalmente frente a construções como as nossas, ainda pouco adaptadas às instabilidades climáticas.


“Eles sempre se mostraram interessados no assunto. Mas atualmente querem saber detalhes, se certificar de que a casa vai mesmo funcionar em boas condições de conforto térmico”, diz o arquiteto Lourenço Gimenes, do escritório Forte, Gimenes & Marcondes Ferraz (FGMF), profissional que vem se acostumando a abordar assuntos como ventilação cruzada e eficiência energética nos encontros com seus clientes.

Sempre preocupado com o desempenho global dos

seus projetos, Gimenes afirma que, muitas vezes, são os fatores climáticos, mais do que elementos de ordem estética, que determinam as linhas gerais dos trabalhos da FGMF. A novidade é o interesse, e a preocupação, que os moradores têm demonstrado pelo tema. “Da localização das janelas, passando pelos

DOWNLOAD DO DIA: Ikea HomePlanner Bedroom 2008 (Gratuito)

0
Um dos cômodos mais queridos na casa de várias pessoas é o dormitório. O quarto é um cantinho cativo, no qual você guarda as suas bagunças e passa uma parte significativa descansando em uma cama aconchegante. Como seria um quarto perfeito para você? Com um roupeiro enorme, para você guardar todas as suas roupas com espaço? Ou com uma cama gigantesca?







Então, agora é o momento para você deixar de simplesmente imaginar este quarto e começar a fazer um planejamento mais concreto. Ikea HomePlanner Bedroom é um programa para design de interiores, mais especificamente do layout de dormitórios.

O programa foi elaborado para lhe auxiliar na criação de um quarto dos sonhos, bem como para facilitar os seus planos, caso esteja pensando em alterar a disposição dos



DOWNLOAD DO DIA: AutoCAD Freestyle Technology Preview (Gratuito)

0
Engenheiros, arquitetos e designers de produto misturam conhecimento, prática e uma boa parcela de força de vontade sempre que vão trabalhar com projetos e desenhar esquemas ou plantas. O CAD (Computer Aided Drawing – desenho auxiliado por computador) é parte desse processo, principalmente no que diz respeito à força de vontade.
Aprender todos os comandos e controles dos programas tradicionais de CAD é quase como aprender um novo idioma. Até que o usuário compreenda todas as sintaxes e possibilidades oferecidas leva um longo tempo, em que a utilização do programa é considerada difícil. Depois de todos os detalhes aprendidos, entretanto, torna-se tão natural quanto falar sua própria língua.

Para quem não tem a necessidade de aprender o “idioma” do CAD, ou para acelerar o desempenho de algumas tarefas básicas para aqueles que já o dominam, a Autodesk, desenvolvedora do AutoCAD – programa padrão na indústria de engenharia, construção e design – começou a desenvolver uma nova tecnologia.

Inicialmente chamado de projeto Cooper, o AutoCAD Freestyle ainda

Reforma: Valoriza ou Desvaloriza? Como saber?

0

Imagine a seguinte situação: Acabo de comprar um apartamento que possui uma área satisfatória para as minhas necessidades, mas é muito compartimentado. Não preciso dos três quartos, mas gostaria de uma sala maior. Devo ou não integrar a cozinha com a sala quebrando a parede que as separa? E, mais importante, após executar estas obras, terei valorizado ou desvalorizado o meu imóvel?
Estas perguntas têm sido feitas cada vez numa frequência maior. O fato é que, ao longo dos anos, a estrutura familiar da população mudou. Cada vez mais pessoas moram sozinhas, e aumentou o número de casais sem filhos ou com apenas um filho. Casos de pais separados que moram sozinhos e recebem seus filhos em casa nos finais de semana também são bastante frequentes. Hoje em dia as pessoas trabalham mais em casa e, portanto, precisam de um espaço para isso. É pequeno o número de famílias que têm empregadas que dormem em casa e, muitas vezes, estas sequer cozinham. Basicamente os espaços

Cercas Vivas: solução para isolamento e proteção sem construção de muros

1

Muros feitos com plantas, ou cercas vivas, são uma alternativa para quem quer fazer o isolamento de uma área da casa, especialmente ao ar livre, mas não se quer construir uma parede ou muro. Elas servem também para delimitar um caminho, dar maior privacidade a uma área, barrar correntes de ar ou até "esconder" uma grade ou algum detalhe arquitetônico indesejado.
As opções são muitas, de diversas alturas, em diversos tons de verde e texturas, com ou sem floração (que podem trazer ainda seu perfume como bônus) e com ou sem espinhos (que podem ser usados para dar mais segurança ou barrar animais). Na hora de escolher, porém, é preciso tomar alguns cuidados para tirar o melhor proveito da cerca viva e não se decepcionar com o resultado final.
Em primeiro lugar, é importante levar em conta que plantas, diferentemente dos tijolos usados em muros de alvenaria, são seres vivos com características e necessidades próprias. Por isso, as espécies escolhidas devem se adequar ao espaço e à altura da cerca que se pretende erguer, para que o arbusto não seja "torturado" com

Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) já tem site

0

Já entrou no ar, em fase experimental, o site do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), elaborado pelos órgãos nacionais de arquitetos e urbanistas com a finalidade de oferecer informações atualizadas sobre a implantação do novo conselho. Em 8 de maio, as entidades entregaram suas propostas finais de ajustes ao projeto de lei 4.413/2008, que agora aguarda parecer da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados. Para conhecer a proposta e acompanhar a tramitação do projeto, acesse www.cau.org.br.


Arquitetura Acessível para idosos

0

O número de idosos no Brasil cresce a cada ano, e já representa atualmente 10% da população do país, segundo projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Assim, é preciso pensar na readequação de muitos hábitos e espaços para facilitar a mobilidade, sejam eles públicos ou privados.
Nos últimos tempos houve uma movimentação neste sentido, resultando em alguns projetos e soluções de moradia para a terceira idade. Nos Estados Unidos desenvolveu-se em 1985 o conceito do Desenho Universal que hoje norteia, no Brasil, os projetos

DICA DO DIA: Reforma - Como não perder a cabeça!!!?

0
Reformar a casa não é para qualquer um. É por esse motivo que a maioria dos brasileiros prefere comprar um apartamento novo, recém-construído. Mas é nos prédios antigos que estão os melhores imóveis, com pé-direito alto, ambientes generosos e charme de outros tempos. Tudo que quase nenhum prédio novo oferece, infelizmente.
Se você está disposto a enfrentar uma obra, respire fundo e deixe toda a ansiedade de lado. Chegou a hora de planejar a empreitada e controlar suas emoções. Caso contrário, o risco de um colapso nervoso é grande. É comum proprietários brigarem com arquitetos e decoradores ou com fornecedores e não curtir o que uma reforma tem de bom. 
Confira o que é preciso para preservar sua saúde financeira e emocional durante este processo.

Planejamento

Parece óbvio, mas planejar uma obra é essencial. Não adianta sair por

DICA DO DIA: Como saber se é possível retirar paredes para ampliar ambientes?

1

Muitas dúvidas dos nossos blogueiros têm chegado até nós. A mais corriqueira é a respeito de reformas que envolvem modificações de paredes das residências, perguntas do tipo: “posso ou não derrubar as paredes da minha casa?”
Não há resposta certa para essa pergunta. Pode ser que sim, ou não – tudo vai depender do sistema estrutural da construção. Na verdade, existem diversas maneiras de se construir uma casa ou sobrado, e para cada uma dessas formas ainda existem projetos diferentes, gerando respostas diversas.

Apenas para ilustrar essa multiplicidade de possibilidades, tomemos como exemplo um sobrado geminado dos dois lados, modelo muito comum em São Paulo e que pode ser construído de diversas maneiras. As soluções estruturais mais comuns de encontrarmos atualmente neste exemplo são:
Alvenaria: estrutura composta por uma combinação de paredes estruturais de tijolinhos e assoalhos - vigas e tábuas de madeira que formam os diferentes andares. As paredes laterais em geral são compartilhadas pelos vizinhos. Essa solução é muito comum em sobrados antigos, sobretudo os construídos em vilas operárias.
Concreto armado: este é o mesmo

Aluguel de imóveis: Inquilino x Proprietário - quais as obrigações?

0
A relação entre locador (proprietário) e locatário (inquilino) de imóvel pode ser boa e duradoura desde que cada uma das partes entenda e cumpra exatamente as respectivas obrigações.
As obrigações do locatário estão expressamente dispostas nos doze incisos do artigo 23 da Lei 8245/91 (que trata da locação de imóvel urbano); dos quais, comentaremos adiante, algumas delas:
1º Pagar pontualmente o aluguel e os encargos da locação. 
O descumprimento dessa obrigação permite a aplicação da multa e juros moratórios aplicados sobre o débito, corrigido monetariamente conforme o índice ajustado no contrato. Ocorre que a falta de pagamento autoriza, não apenas a mencionada incidência dos encargos moratórios, mas também autoriza o locador a instaurar ação de despejo por falta de pagamento, situação na qual, o locatário poderá evitar o despejo, se quitar a dívida no prazo legal.

Vale destacar que a recente Lei nº 12.112, de 09 de dezembro de 2009, alterou alguns dispositivos