Twitter
RSS

Piso atérmico: Conforto e design

0
O meio do ano é a época perfeita para se pensar em construir ou reformar a área da piscina. Com bastante tempo, dá para pesquisar materiais e escolher a configuração ideal para passar horas agradáveis de lazer.
Mais do que pensar no modelo da piscina em si, é necessário lembrar que o entorno também pode determinar conforto e beleza. O piso atérmico, mesmo sob sol intenso não absorve o calor, proporcionando conforto ao tato.
Outra característica importante do produto é a textura porosa, pois torna a superfície anti-derrapante. Com uma grande variedade de tamanhos e formatos as bordas atendem aos projetos de piscina mais personalizados. Estão disponíveis cores que vão do branco ao fendi, assim como modelos de quinas variados para atender aos mais exigentes gostos.

Banheiros "azulejados" totalmente? Esqueça! Veja novas soluções...

0
São cada vez mais comuns os banheiros que não são totalmente revestidos de azulejos. Mas será que as paredes suportam um ambiente úmido sem material cerâmico? Sim, suportam. Quando o banheiro é muito centralizado na planta da casa, sem ventilação, aí sim é aconselhável revestir tudo com cerâmica.”
Antigamente, as pessoas acreditavam ser mais higiênico revestir todas as paredes, mas é ilusão. Todo mundo limpa os azulejos com água. Com isso, o rejunte fica molhado. Como demora muito para secar, surge o mofo. Aquelas cozinhas com rejuntes escuros, muitas vezes, estão assim por excesso de limpeza, não por falta.
Para as paredes de dentro do box, como têm muito contato com a água – não apenas vapor–, é indicado revestir. Não precisa ser, necessariamente, azulejo. Precisa ser um material impermeável. Granito, pedra, mármore, revestimento cimentício...
Revestimento impermeável só é necessário na área do chuveiro. no restante do banheiro, pintar com tinta epóxi ou acrílica lavável são suficientes. Algumas são específicas para banheiros e contém substância antimofo. Há, também, revestimento vinílico, papeis de parede resistentes a água ou laminados.
O banheiro precisa ser bem arejado. Todo mundo constrói este ambiente na face da casa que não bate sol e coloca janelas bem pequenas. Deveria ser o oposto.
O banheiro sem tantos azulejos fica muito mais aconchegante e bonito. Para evitar problemas é imprescindível deixar um rodapé alto (cerca de 30 cm), usando o mesmo material do piso. Isso elimina a possibilidade de danificar a parede.
Sem azulejos, a manutenção de encanamentos ou eletricidade fica mais simples, afinal, se precisar quebrar uma parede, não há a necessidade de encontrar azulejos iguais para substituição. Mas há uma desvantagem. Paredes apenas pintadas sofrem desgaste mais rápido e a pintura deve ser renovada, em média, a cada 18 meses.
Pisos
Fora do box, o banheiro pode ter pisos diferentes da cerâmica. De cimento, madeira ou fórmica, por exemplo. Os cimentados podem entrar no box, mas as empresas que os fabricam não recomendam, pois ele é poroso. Dá para colocar, mas é necessário aplicar resina uma vez por ano. A desvantagem, nesses casos, é que os fabricantes não dão garantia para produtos utilizados neste ambiente.

Se a opção é a madeira, ela precisa ser de boa qualidade e seca (a madeira verde tem mais umidade e não é aconselhável, pois ela vai secar um dia e trincar), Também não pode ser madeira branca ou mole. As indicadas são as sólidas e escuras, mais resistentes e menos propensas a pragas.
É aconselhável que, se for fazer um piso de madeira, o material precisa estar tratado com verniz náutico e produtos contra pragas. “Pode ser cumaru, ipê, peroba”. Se quiser algo mais prático, o mercado oferece cerâmicas que imitam madeira e a aparência é bem fiel. Lilian Melo concorda e conta que existe uma opção feita de vinil e PVC. Este tem a espessura muito fina, é de fácil aplicação e manutenção e tem aspecto rústico.”
Cimento queimado é mais uma alternativa. Mas precisa ser muito bem aplicado, pois é muito comum que trinque. Cristiana Vianna explica que a melhor opção de cimento é o industrializado (que não são misturados e feitos na obra). “Esse tipo de cimento tem um aditivo plástico que o deixa um pouco mais elástico. Sobre ele, é necessário aplicar uma resina, brilhante ou fosca: o que achar mais bonito.”

DICA DO DIA: Dez tipos de madeira para usar desde o andaime até a cobertura

0
Para o que der e vier: toras, ripas, assoalhos... A apresentação da madeira varia, assim como sua indicação de uso. Confira uma seleção de dez produtos para todas as fases da obra – do andaime à cobertura:



1. Painel de teca (0,88 x 2,25 m e 2,2 cm de espessura) para tampos e revestimento de paredes. Se usado em cozinhas e banheiros, deve receber proteção com verniz PU. 

Já ouviu falar em aquecimento radiante de pisos? Conheça aqui!

2
Só de pensar em sair do banho quentinho e colocar os pés no piso frio dá um arrepio! Ainda mais quando o dia pede um cobertor a tiracolo. Agora, imagine o contrário: uma casa climatizada, em que o calor, controlado, emana do piso e se irradia por todo o ambiente, proporcionando aquela temperatura confortável para o seu corpo. O piso radiante tem o objetivo de afastar a preocupação com o clima e trazer o conforto para perto.

O que é piso radiante?


Trata-se de um sistema de aquecimento que, ao contrário do que se imagina, age não só no piso, mas em todo o ambiente, oferecendo conforto térmico nos dias frios. Dele, existem dois tipos de aquecimento: o elétrico – por meio de resistências instaladas embaixo do revestimento – e o hidráulico, que funciona por meio da circulação da água a uma temperatura de 30°C a 45ºC por tubos de polietileno reticulado, os conhecidos PEX.


Neste caso, qualquer fonte de calor pode ser utilizada para aquecer a água, desde gás, diesel, carvão e bomba de calor, até painéis solares.



Como funciona?

DICA DO DIA - Saiba como aproveitar a água das chuvas em sua edificação

0
Nos tempos atuais, a conservação de recursos naturais é tema de qualquer conversa de bar. E ao falar de preservação, uma das primeiras coisas que nos vem à cabeça é a questão da água. Apesar de abundante no Brasil – temos a maior bacia hidrográfica do mundo, a do Amazonas – a água já falta em diversas regiões do planeta.
Mesmo no Brasil, as bacias hidrográficas não estão distribuídas uniformemente por todo o território e, pior, sua distribuição não coincide com as áreas de maior concentração populacional. O que vemos, então, são alguns locais com muita água e pouca gente, e outros com uma grande população sem o acesso adequado à água e, ainda mais grave, saneamento.
A água da chuva é coletada, filtradas e levada a um reservatório inferior, em geral enterrado. Uma bomba leva a água para uma segunda caixa d'água, a partir da qual é feita a distribuição para os pontos desejados: torneira de jardim, sanitários e lava roupa são os mais comuns

Recurso valioso

Portanto a água passou a ser um bem raro e que deve ser poupado e reaproveitado ao máximo. Quando falamos de poupar água, estamos nos referindo a diversas práticas, desde fechar a torneira enquanto escovamos os dentes e o chuveiro enquanto nos ensaboamos, até desenvolver sistemas de irrigação para as lavouras que sejam mais eficientes.

DICA DO DIA - Como Impermeabilizar um Banheiro

0
O video a seguir mostra o passo a passo de como fazer para impermeabilizar um banheiro com uma emulsão à base de asfalto. vale a pena conferir.


LIVRO DO DIA: Detalhes Construtivos da Arquitetura Residencial Contemporânea

0
Este livro é um estudo dos detalhes de construção de mais de 50 casas executadas e projetadas nos últimos 10 anos. Organizado de acordo com o principal material utilizado - concreto, madeira, vidro, alvenaria, aço e materiais alternativos como alumínio, bambu, plástico ou palha - o livro é ricamente ilustrado por fotografias, plantas baixas, cortes, elevações, além de diversos detalhes construtivos. O CD-ROM inclui todos os desenhos do livro. Para Comprar click aqui. 

DICA DO DIA - Cuidados com o Ladrilho Hidráulico

13
Exemplos de aplicações
Os ladrilhos hidráulicos são uma ótima opção para dar acabamento em ambientes rústicos. As diferentes padronagens de desenhos deixam o espaço colorido, charmoso e com um toque personalizado.

Os ladrilhos hidráulicos devem ser guardados sempre em local coberto e sobre ‘palets’, caso o piso sofra umidade vinda das chuvas, pois o papelão das caixas, quando molhado, pode manchar o piso.
Quando retirar os ladrilhos das caixas, coloque-os sempre da mesma forma que eles chegam até você quando embalados, ou seja, face a face, pois isso evita que risquem.
Os ladrilhos hidráulicos podem ser assentados com argamassa (uso interno ou externo) e com uma desempenadeira dentada.

Qual o teto ideal para sua obra?

0
Uma dúvida muito comum entre os que estão interessados em realizar uma obra é o tipo de cobertura a utilizar. Qual é a cobertura mais eficiente? Qual é a mais bonita? Qual esquenta menos o ambiente? E assim por diante. 
A verdade é que existem muitos tipos e variações e a cobertura pode ser algo difícil de imaginar porque exige um pensamento tridimensional. O arquiteto Roberto Simões costumava chamar a cobertura de “a quinta fachada do edifício” para chamar atenção a um ponto que muitas vezes acaba sendo deixado de lado e, na verdade, qualquer que seja a construção, é parte fundamental do projeto.

Vamos analisar brevemente questões relacionadas com cada tipo de cobertura existente para que você se familiarize um pouco com as opções que o mercado oferece atualmente.

LED: Saiba o que é e como utilizar.

2
Os LEDs, palavra que você certamente ouviu bastante nos últimos tempos não são algo totalmente novo. Largamente utilizados na indústria da eletrônica há muitos anos, são eles que sempre iluminaram o seu relógio digital e mostravam que seu computador estava ligado. A escala de uso desse material é que aumentou drasticamente. De luminárias a telas superfinas de TV, do celular à iluminação de casas noturnas, o espectro de atuação do LED se multiplicou nos últimos anos. E isso é só o começo!
A edição deste ano da feira Light & Building (10 a 16 de abril, em Frankfurt, Alemanha) foi praticamente inteira tomada pelos LEDs e, segundo especialistas, dessa vez a tecnologias, que sempre foi promissora, mas não totalmente eficiente, mostrou a que veio.
Aqui no Brasil está havendo uma espécie de “choque cultural” com a maciça entrada de múltiplos usos para esse tipo de fonte de luz. Basta entrar em um grande magazine de luminárias para já sentir a grande presença dos LEDs em diversas aplicações diferentes. A grande questão é quando e como utilizar esse produto tão interessante.

Mas o que é o LED, afinal?


Escadas. Qual melhor forma de construir?

0
As escadas são elementos construídos com a finalidade de ligar locais com diferenças de níveis. Certamente estão entre os elementos mais antigos das construções e diariamente temos de lidar com elas. As escadas podem ser feitas de vários materiais diferentes e apresentar inúmeros formatos. Podem ser compostas de alguns poucos degraus ou ligar diversos andares de um prédio, por exemplo.
Para começarmos a entender como funcionam as escadas, primeiramente devemos nomear as suas partes. As escadas são compostas por degraus. Cada degrau é composto pelo piso (ou passo, ou, ainda, pisada), a parte plana onde pisamos, e pelo espelho, a parte vertical. As ditas escadas vazadas são destituídas desse elemento vertical entre um piso e outro e, dessa forma, é possível ver através delas. Ainda assim, a distância entre cada degrau é chamada de espelho.

Pisos e espelhos


Infiltrações, vazamentos, goteiras? Saiba como resolver...

0
Vazamentos, goteiras, toda a sorte de incômodos que se possa imaginar  colocam a paciência de todos à prova. Pensando nisso, aqui vão algumas dicas de como evitar futuros transtornos para os moradores, como quebradeiras, gastos exorbitantes etc. garantindo o perfeito estado das estruturas do seu edifício.
 Essencialmente, a água poderá ocasionar a infiltração através de três caminhos distintos: por meio de trincas e rachaduras, pelos poros do material e ainda por falhas que este material possua como, por exemplo, brocas, ninhos no concreto e fendas junto às armaduras. Os principais vilões dessas infiltrações são os vícios construtivos, ou seja, defeitos originados no próprio processo construtivo (erro de projeto ou de execução) ou adquiridos ao longo do tempo (desgastes naturais, utilização, manutenção ineficiente, agressões).


No caso de problemas com infiltrações, o síndico é o responsável em decidir qual será a alternativa ao mesmo tempo mais eficiente e não muito dispendiosa para todos, uma alternativa utilizada há mais de dez anos nos Estados Unidos e em alguns países da Europa é um um sistema impermeabilizante chamado de Grauteamento Químico, mais conhecido como injeção de resina hidroativada –

LIVRO DO DIA: The Art Book Brasil

0
Editora Décor Books acaba de lançar o livro The Art Book Brasil – Geometrias (276 páginas). A obra reúne o trabalho criativo de 10 artistas plásticos consagrados, apresentando uma coletânea com suas obras mais significativas.
Com curadoria e coordenação do jornalista e crítico de arte Paulo Klein, o livro traz 10 artistas plásticos que compõe as imagens e objetos registrados. Entre eles estão Adriano de Aquino, Alberto Teixeira, Cássia Aresta, João José da Costa, Judith Lauand, Marcos Garrot, Marcus Vinícius, Paulo Calazans, Raul Córdula e Rubem Ludolf.  Todos os artistas tiveram na geometria a disciplina fundamental de seu trabalho.

Esquadrias: Como comprar?

2
Ao comprar materiais para sua obra, muitas vezes, ficamos confusos devido ao grande número de produtos existentes no mercado. Alguns itens influenciam no desempenho da peça, tanto em segurança como em conforto.

As esquadrias fazem parte de um projeto e exigem a realização de análises antes da compra. Os produtos devem atender aos padrões mínimos de produção, resistência e segurança. Isso inclui matéria-prima, espessura dos perfis, mecanismo de funcionamento, resistência mecânica e estanqueidade à água de chuva, entre outros requisitos.
Uma porta ou janela de qualidade inferior pode ocasionar, por exemplo, desde simples arranhões, até ferimentos mais graves quando o modelo possui rebarbas ou esquadros imprecisos. Entrada de água da chuva e de ventos; difícil manuseio e corrosão e deterioração da pintura de acabamento também estão entre os efeitos desagradáveis que podem surgir ao escolher um produto inadequado.

Antes de escolher o produto, leve em conta: